segunda-feira, 12 de maio de 2014

5 coisas que deveria saber sobre perfumes

Descobri esse amor aos perfumes há pouco tempo. Antes, era um gostar despretensioso.Gostaria de saber mais do que sei. Dedicar-me mais do que me dedico.. De algum modo me sinto seduzida a contar um tanto sobre o que aprendo.E nesse momento ainda de início de aprendizagem fui convidada, junto daqueles a quem posso considerar mestres, a falar do que gostaria de ter sabido quando iniciei minha peregrinação pelo mundo dos perfumes. Pensei então no que eu diria para mim, alguns poucos anos atrás, para a moça que se encantava com testers de loja e muitos contratipos
Algumas coisas que eu deveria ter sabido:
1) Frascos vintage são adoráveis. 
E os perfumes vêm e vão. Sim, eles são mudados, reformulados ou extintos.E é penoso que se vão. Teria guardado algumas preciosidades que deixei passar por mim e se foram.Aqui alguns frascos de alguns perfumes da avon,  por exemplo, que  são verdadeiras preciosidades que agora só cheiro e toco em meus sonhos. Timeless com cheiro de femme de rochas, mais suave. E Charisma, com suas especiarias a la Coco Chanel.





 2)Memória olfativa é algo extremamente poderoso.
Sim, não raro muitas de nossas notas e fragrâncias queridas buscam inspiração em experiências especiais que, além de uma imagem, possuem um cheiro. Por isso tão comum a afeição e a busca pelo cheiro materno, paterno, cheiro da escola, do livro novo, da espuma de barbear do primeiro namorado, o odor do campo, ou das flores sejam de um lugar, ou de um pescoço. Eis o norte de muitos que amam perfume, e confesso que também o meu. Posso conhecer muitas notas e perfumes, mas por alguma razão pessoal minha historia me fará andar por certos lugares. Ultimamente descobri um cheiro que procurava ha tempos, o procurava doidamente em muitos perfumes. Que bom que o encontrei. Eis a clássica cologne 4711



3) Preço não altera qualidade
Logo que conheci perfumes, imaginei que todos os importados iriam ser muito superiores aos nacionais. Que marcas mais famosas fariam sempre coisas de extrema qualidade. Mas a questão é muito mais complexa. Dependendo dos nossos critérios de qualidade, e no caso do meu, tive excelentes surpresas com perfumes ditos mais baratos, muitas vezes nacionais, com concentração de colônias, e decepções com muitos eau de parfum de casas famosas. Quanto mais fuçamos descobrimos que preço, nacionalidade, renome não necessariamente são determinantes para a qualidade das fragrâncias. Que o diga a nacional Phebo, que com preços tão bacanas tem feito colônias tão boas que logo merecerão atenção especial aqui no Blog.Ou alguns perfumes da avon, como os que citei acima, que por seu baixo preço e popularidade nem sempre foram olhados com a devida atenção.



4) Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades
É impressionante como a moda, os gostos, as notas podem mudar de uma década para outra no mundo da perfumaria. Alguns perfumes sobrevivem ao tempo por sua força e qualidade e convivem com os novos. Os novos, por sua vez, sofrem mais dificuldades para se manterem ao sol, engolidos por uma vasta concorrência e muitas vezes uma carestia de originalidade.
Há quem subestime os velhos por serem antiquados, "fora de moda". E há quem desvalorize os novos por serem supostamente todos sem a originalidade de seus velhos precursores. Descobri e ja deveria ter sabido antes que não há regras. Descobri que mesmo alguns ditos "vintage" não eram tão originais assim, perdendo em força, assim como vi alguns perfumes mais minimalistas de agora serem absolutamente adoráveis. Cada tempo tem sua glória, e que possam conviver bem, os velhos e os novos.

5) Que não é fácil amar perfumes antigos.
Para quem ama cheiros ditos "vintage", como eu, pode ser algo bastante sofrido.Alguns cheiro que estudei e sonhei conhecer não voltarão mais. Há algo de triste nisso.Alguns cheiros simplesmente se foram, ficaram só uma sombra, uma vaga ideia na descrição de suas notas e na memória de alguns. E outros embora mantenham os mesmos nomes, foram reformulados! Eu deveria ter me dito que reformulações são cruéis e teria me poupado de alguns frascos reformulados que comprei. So posso dizer uma frase sobre o fim de alguns perfumes: é um abatedouro de anjos!

Agora os links dos blogs que, como eu, também contam de suas experiências do que sabem hoje e ontem sobre perfumes! Aproveitem!






27 comentários:

  1. Adorei o texto. Uma ótima reflexão, ainda mais nos números 3 e 4!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. querido Cassiano, muito obrigada por sua visita! Fico feliz que meus comentários tenham valido uma reflexão! beijão!

      Excluir
    2. Eu gostaria de saber porque tiraram
      De linha o Timeless pesso por favor
      Traga ela de volta sinto muita falta dela por favor

      Excluir
  2. Preciso conhecer este Timeless da Avon, Cris; vc relatou um aspecto impte: com a maturidade as vontades e preferencias mudam, igualmente. Ótimo, Cris. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dâmaris, tenho as mais vivas lembranças dele e frascos e frascos por minha mãe usados. Por sorte consegui ficar com dois desodorantes em creme, com o mesmo cheiro, que ainda vendia uns 3 anos atras na avon...rs. Juro que prefiro ele ao femme de rochas. Mas é terrivelmente dificil achar um. Um dia pretendo fazer resenhas desses sumidinhos, so por meu gosto de lembrar.as mudanças no gosto podem surgir sim, seja pela nossa vontade, seja pelo "zeitgeist", o espirito do tempo. ! beijão!

      Excluir
  3. Oi Cris. Todos fatos certíssimos que aprendemos com a experiência conhecendo mais e mais perfumes! A vivência da perfumaria através da experimentação de amostras, compartilhar de opiniões, leituras e mesmo do colecionar cria outra visão destes encantadores frascos que nos seduzem. Como lembrou Cassiano...coisas para se refletir.Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rainha Liz, rs....está sendo maravilhoso cheirar de forma que chamo agora de "perscrutadora", fuçando sabe o Deus dos cheiros o quê...:) que dó dos frasquinhos lindos que deixei escapar, menina! obrgada vc por aqui! beijão!!!!!!

      Excluir
  4. Cris, nem me fale dos vintages... já sofrí e ainda sofro por alguns... muito bem lembrado! Outro fator importante você citou: mudam-se os tempos e os gostos também... amava alguns antigamente e hoje em dia eles não me descem... parabéns pelo belo Blog, adoro a forma como vc escreve! Bjão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju minha flor muito obrigada menina! ai se eu pudesse faria um cemitério de reverênias aos finadinhos vintage q amamos e se foram, sniff sniff...rs
      obrigada por sua visita! logo mais vou la no seu zoiar tudo,confesso q ontem e hoje ta fogo ter tempo...beijao!

      Excluir
  5. Cris, ah, as reformulações... Confesso que EU não achava que isso existia quando comecei a me interessar por perfumes. Santa ingenuidade. De resto, texto ímpar! Tudo milimetricamente bem pensado e verdadeiro. Adorei!

    ResponderExcluir
  6. Cris, me deu um saudosismo com os perfumes da avon. Eu adorava o Topaze e o Toque de Amor. Agora o Charisma...cruzes, sempre odiei.
    Lembra de uns frasquinhos de perfume em formato de bibelôs? Dá uma olhada nesse blog, aparece vários frascos http://designinnova.blogspot.com.br/2010/10/os-antigos-frascos-de-perfumes-do-avon.html

    Vendo e aprendendo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima dica Carla! Minha mãe tinha muitos do Avon. Topaze ia como água. Ela gostava muito. E não guardei nenhum frasquinho. Como que não pensei que um dia eles sumiriam...

      Excluir
    2. Ai Carla! esses frasquinhos sei pela memória dos outros! nao cheguei a pegar! eu morro de saudade do toque de amor e do encontro...queria muito achá-los...o topaz é lindo! eu ainda tenho uma versão cristal, bem mais aguadinha...ele ora me lembra o o chanel. n.5, ora me lembra o madame rochas...so que acho mais gostoso que ambos! há algo muito especial nele. queria achar na versão mais concentrada, noidro original, mas é tarefa dificil!!!!!deppis vou no seu blog q hj ta dificil! vou fechar mais um canal hj...kkk...beijo meu bem!

      Excluir
    3. Cris, sabe onde encontrei Toque de Amor & Cia? No Mercado de San Telmo em Buenos Aires tem uma lojinha que vende cada coisa do além do Avon, tirei até foto! Bjo!

      Excluir
  7. Cris, eu leio o que você escreve na mesma cadência delicada em que você fala. Chega a ser terapêutico kkkk. São textos delicados de ler, diferentes, com estilo próprio mesmo. Muito bom de ler.
    Eu concordo com suas colocações e faço ressalva somente a número 4, mas no meu caso. O tempo não alterou minhas vontades, acho que pelo contrário...
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já parei para pensar no motivo deste apego pelos vintage. Geralmente quem coleciona e estuda se encanta pelos vintage. E o grande público de maneira geral prefere a tendência atual.Talvez porque tenhamos oportunidade de experimentar vários lançamentos e constantemente. Ocorre uma saturação com o moderno decorrente desta verdadeira avalanche de novidades, sempre no mesmo padrão. Os vintages , mais difíceis, vem ocasionalmente. transformam-se assim na "novidade". Além disso décadas atrás um perfume passava pelo processo de criação durante 3 ou 4 anos.Eram aguardados ansiosamente. Na atualidade eles brotam semana a semana, causando saturação. Não sei como é possível toda a criação e maturação da fragrância em tempo tão reduzido. As vezes tenho a impressão que algumas empresas criam perfumes com algum programa de computador...hehehe

      Excluir
    2. bela reflexão, há uma chuva de perfumes todos os dias, e como estão doces, essa tendência esta demorando a passar, tenho a impressão de que falta algo nos novos perfumes, os cheiros são muito parecidos e as empresas estão mais preocupadas com as embalagens bonitinhas, que pena.

      Excluir
  8. O gosto que vai evoluindo, se reconstruindo, que gostoso que é. O meu acabou se alargando para cítricos, chypres e até um floral aqui e ali. Mas no meu coração eu ainda quero um oriental bem quentinho.

    ResponderExcluir
  9. O 'gosto' amplia mesmo, e vai de fases... as vezes caio mais pro gourmand, outras volto aos clássicos, visito os vintage, caio nos orientais... viagem sem fim! E como não se deixar seduzir pela beleza dos vintage?

    ResponderExcluir
  10. nossa cris, já assisti os seus vídeos no youtube e estou apaixonada pelo seu blog, você resenha os perfumes com maestria, nossa você é muito inteligente e deve dedicar-se a isso, estou cansada de procurar resenha e as meninas falarem ele é doce, não sei identificar as notas, aqui você faz uma reflexão tao boa que eu quase sinto o cheiro do perfume, mil parabéns pelo seu blog, não desista nunca, você poderia me falar um pouco sobre o sun moon stars do karl lagerfeld? vi que você tem uma amostrinha em um vídeo, beijos para vc e muito sucesso, concordo com tudo que vc disse aqui no blog, amo o miss dior e estou cansada de tantas reformulações dele, as vezes dizem que não muda mas muda sim, e só me resta as lembranças, beijos e fica com deus.
    carol lucas.

    ResponderExcluir
  11. Cris. Parabéns pelo seu blog, estava pesquisando perfumes e o descobri. E que surpresa encontrar esse textos deliciosos. Eu também já andei algum tempo loucamente em desespero em busca de um cheiro perdido lá atrás, foi um perfume da Phebo de violeta, lembro que comprei num mercado durante uma viagem, bem barato, delicioso, aconchegante,nunca mais o encontrei e sempre que me deparo com a cor violeta em um frasco eu sinto o cheiro, mais não é ele. Parabéns pelos textos encantadores!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Oi... Amo perfumes e gostei muito dessa página... Gostaria de saber se existe algo parecido com o Creation (Ted Lapidus) e se o novo Élysée será parecido com o antigo? Sucesso! Desde já, agradeco.

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Amei este texto!
    Fiz uma viagem com os frascos, umas preciosidades mesmo!
    Concordo com você quando diz que preço e qualidade são coisas distintas!

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Amei este texto!
    Fiz uma viagem com os frascos, umas preciosidades mesmo!
    Concordo com você quando diz que preço e qualidade são coisas distintas!

    ResponderExcluir
  16. Os Frascos são um charme, mais podemos dizer que pagamos mais por utilizar esses frascos diferenciados.
    Perfumes é que temos te melhor, se quiser qualidade e preço justo com fragrâncias que vão mexer com a sua cabeça. entre no nosso website http://hinodeonline.net/01430514

    Sally Lopes/ Tiago Furtado

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...